Quarta-feira, 30 de Abril de 2008

Assembleia da Republica

    Hoje estive na Ass . da Republica. Para dizer verdade nunca tinha ido e sofri uma desilusão . Na televisão tal edificação aparece como enorme, como tal vamos com essa ilusão mas na realidade é um espaço pequeno em dimensão.  Para dizer a verdade o hemiciclo é pequeno.

  Apesar dessa desilusão a arquitectura é magnifica. Nos tectos tem um pormenor deveras interessante, tem os escudos de todas as grandes cidades portuguesas e das antigas provinciais ultramarinas.

Tive a sorte de ir num dia em que o Governo respondia no Parlamento, todas a intervenções são contabilizadas em termos de tempo, PS 9 minutos, PSD 9 minutos, CDS e PCP 7 minutos ( acho ), BE 5 Minutos e PEV 3 minutos.

  Foi positivo esta visita pois só fiquei lá dentro 20 minutos porque tinha uma reunião inadiável , serviu para ver e para fazer este comentário.  Siga.

tags:

publicado por Notasenroladas às 22:02
link do post | comentar | favorito

Direito

Li e apreendi com o comentário que o antigo Procurador-Geral da Republica José da Cunha Rodrigues elaborou e incluiu na obra Perspectivas de Direito no inicio do Século XXI. Achei deveras interessante pois veio focar aspectos importantes.

 No passado o Direito era visto como uma disciplina como que " mística " pois estava para além dos " normais " cidadãos, mas com a evolução civilizacional houve um aumento da intervenção do Direito na sociedade para regular os excessivos ilícitos que têm surgido. Assim podemos dizer que o Direito se banalizou pois todos falam na Justiça e esta aparece em todos os media. Antes a Justiça era escassa agora é abundante.

  No seguimento dessa evolução social, a cada momento surgem novos fenómenos. Estes originam que os sistemas jurídicos não consigam responder logo directamente. Nem sempre existem Leis para aquela situação em concreto, a mesma é nova e inimaginável de existir à momentos atrás. Assim o Tribunal tem que decidir muitas vezes sem Leis ou com Leis ambíguas e obscuras.

 O Direito não acompanhou esta necessidade de decidir rapidamente pois a sociedade é cada vez mais mutável e a comunidade exige um prazo razoável para que se faça Justiça. Os tribunais não estão em condições para de enfrentar esta evolução, o que veio acelerar a trivilização das relações entre o cidadão e a justiça.

  A Justiça banalizou-se e perdeu a aura do antigamente pois é vista como mais um sistema e o mesmo é tido como lento e pouco eficaz. No novo conjunto de factores que interferiram no modo de conceber e praticar a justiça, o ilustre escritor elegeu, pela sua importância, três: a alteração das relações de poder, a inflação legislativa e a mediatização.

  O primeiro factor está relacionado com a mistura cada vez mais visível do poder politico com  poder judicial. Seguidamente o excesso de produção legislativa originou que vivamos numa ilusão de que todos os problemas estão resolvidos mas é errado, pois tal situação originou uma dificuldade na compreensão dessas normas, assim como um factor de incerteza e litígios. A banalização da ciência jurídica faz com que se misture com as demais ciências e perca a capacidade de reflectir sobre si própria. O próprio sujeito sendo mais individualista origina que a  organização do poder seja mais difícil pois a vida em Sociedade não é assim. A questão da mediatização do Direito também altera per si a imagem que os Cidadãos tinham de algo " Superior " e perfeito.

  Para alterar o estado a que o Direito chegou, o escritor diz que num futuro próximo a justiça continuará a ser trabalho de juízes e não de administradores e de gestores de informação como alguns afirmam. Os Tribunais terão um papel mais amplo e  inexoravelmente mais humanizado, o que significa menos penetrado por ingredientes técnico-Jurídicos e mais orientado para uma atitude prudencial.

  Foram encontradas três condições para corresponder às exigências da Justiça para este milénio, a saber: leveza, visibilidade e comunicabilidade. A leveza que se fala está relacionada com a necessidade dos aparelhos de justiça deixarem o seu distanciamento e começarem a  interagir com as relações sociais, outro aspecto que foca é utilizar outras formas de resolução de problema extra-judiciais para os pequenos conflitos e reservarem-se os tribunais para os caos com contornos mais graves por fim reestruturar organicamente e funcionalmente a estrutura dos tribunais pois é um órgão pesado nos aspectos burocráticos e administrativos. A visibilidade tem que ter um equilíbrio certo pois não interessa o magistrado vedeta mas por sua vez não interessa o magistrado anónimo, tem que existir o meio termo. Por fim a questão da comunicação que nos dias que correm tem uma importância acrescida pois os media tem necessidade de informação jurídica que por sua vez terá de ser informativa e explicativa para que o cidadão perceba as decisões, o seu processo e os seus tempos de resposta.

 Concordo com tudo o descrito anteriormente e acho que o futuro será uma justiça baseada em processos de equidade para os casos menos " pesados " e realizados em tribunais de resolução de conflitos como o existente em Lisboa, o Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo de Lisboa, também defendo a existência de um Gabinete de Imprensa no C.S.Magistratura para filtrar as noticias a fornecer aos media e torna-las perceptíveis ( acho que este gabinete está a ser criado ).

 Nada que o escritor afirmou é desconhecido e por tal tem que ser alterado sob pena de perder-se a respeitabilidade que se tem para com a justiça e para com os seus representantes.

sinto-me: Bem

publicado por Notasenroladas às 13:50
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 25 de Abril de 2008

Justiça?

Como alguns dos digníssimos leitores deste magnifico blog bem sabem, a minha vida gira em volta do imobiliário e do Direito. Em seguimento da minha actividade jurídica fui ao Tribunal da Boa Hora assistir às alegações finais de um julgamento de uma senhora que foi apanhada com 2000,44 gramas de cocaína no Aeroporto da Portela proveniente de Cabo Verde. A senhora na altura da apreensão tentou fazer ver que a mala não era sua mas depois acabou por assumir a propriedade da mesma mala e que trazia dentro do forro da mesma a dita cocaína . Assim ficou em Prisão preventiva onde se encontra desde esse momento ( finais de Novembro até à presente data ).

  O Juiz apresentou a situação e questionou a Arguida se as informações proferidas eram verdadeiras e viu-se que a Srª era uma coitada que tem três filhos em Cabo Verde e que com esta aventura iria arrecadar 2000 euros. O Juiz perguntou o que ela queria fazer no fim da pena e ela disse que queria ficar por c á nbsp; a trabalhar, uma pobre infeliz.

  Em seguida a Procuradora pediu a pena de 4 anos e 6 meses, a moldura penal enquadra-se no minio de 4 anos para este crime.

  Por fim veio o Advogado, começou por não cumprimentar o colega que estava lá noutro processo, o que eticamente é reprovável e susceptível de processo disciplina. Seguidamente começou com as alegações finais, chamou a senhora de infeliz, pediu suspensão da pena comparando este caso com um de pedofilia em que tinha acontecido o mesmo ( suspensão ) e por fim afirmou que se não fosse concedido tal suspensão poderia ser visto como racismo, atacou nesse sentido. Ridículo .

  Finalmente deu-se a palavra à Arguida que não disse nada.

  Resumindo, a coitada vai apanhar 4 anos de prisão pois foi mal defendida pelo seu Advogado. Na minha óptica o Srº preparou mal a defesa pois poderia ter ido noutro sentido. Poderia ter preparado a sua cliente criando a hipótese da existência de uma chantagem efectuada à senhora obrigando-a a trazer a mala senão os filhos dela sofreriam as consequências , que ela aceitou logo a culpa, que tem uma vida miserável cheia de desgraças, que nem tinha conhecimento de que trazia a mala  etc etc . Concordo com esta defesa atendendo que ela está em prisão preventiva e que seria mais positivo para o pais a expulsão da dita Senhora. 

  Ele só a chamou infeliz, inculta e preta,  foi esta a defesa que lhe fez

música: Classica

publicado por Notasenroladas às 12:13
link do post | comentar | favorito

Politica

Boas,

     Quer gostemos quer não gostemos do PPD / PSD a importância de um partido na oposição ser forte é  necessário  visto que dá mais enfoque às politicas erradas que se vão cometendo e assim apresentando soluções e opinando. Quando o partido em questão está todo " partido " é impossível contribuir para o interesse publico pois está mais ocupado com quezílias internas do que em servir o pais.

     Para o nosso Primeiro Ministro estas disputas internas no PPD / PSD é ouro sobre azul pois enquanto andam à luta não tem tempo para criticar quem merece ser criticado.

     Analisando a questão interna do partido Laranja acho que para o bem desta nação é preciso antes demais acabar com as lutinhas internas e aceitar de vez que quem ganha é o líder e tem que ser apoiado em vez de ser criticado. Ganhou quem Eu não gosto mas vou apoiar para que o partido vá para a frente, nas próximas eleições logo se verá. Este é o pensamento que poderá alterar a estrutura do partido. O jet set tem que parar de pensar como prima donas e começar a trabalhar em função do interesse publico.

    Agora com as eleições vamos assistir a mais uma luta de galos ao poleiro, o meu candidato preferido seria o Rui Rio mas concorrendo neste momento estaria a sacrificar o seu futuro politico, assim por exclusão de partes acho que a Manuela Ferreira Leite, com todas as suas desvantagens, será a melhor opção dos demais no sentido de servir de ponte para a futura liderança de Rui Rio.

 

Cumprimentos

música: Chopin

publicado por Notasenroladas às 11:56
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Segunda-feira, 21 de Abril de 2008

Transito

      Ontem foi Domingo e tive que me fazer à estrada. É o dia pior para se sair à rua, o operariado e engravatadinhos da semana que andam a semana toda de metro tiram os bólides da garagem e vão passear com a família à marginal ou então fazer a volta dos parolos. Adoro ver as infracções ao código e os perigos que originam. Ainda por cima quase que me matam. Não fazem piscas, circulam pelas rotundas por fora, entram nos cruzamentos sem olhar, andam à velocidade do caracol, temos que apanhar secas descomunais pois não sabem estacionar e demoram eternidades, isto quando sabem para onde hão de ir. Há os gajos que param a meio do caminho para apreciar a paisagem e os que param para perguntar o caminho, se não vais atento marras em cima.

         Durante a semana vejo grandes alarvidades mas ao Fim de Semana é descomunal.

sinto-me: Farto
música: Classica no Fds para ter paciencia

publicado por Notasenroladas às 16:21
link do post | comentar | favorito

Imbecilidades

http://cudeoeiras.blogs.sapo.pt/

publicado por Notasenroladas às 16:18
link do post | comentar | favorito

Como é possivel????

   Já repararam a quantidade de cromos que andam por ai e ainda por cima tem bons trabalhos e são bem remunerados? Estes gajos são basicos e nem percebem o que lhes dizem, pedes uma coisa e tens que repetir 3 vezes, parecem umas crianças e bem pequenas e ainda por cima tem trabalhos de responsabilidade. Vão-te entregar o cartão de apresentação e é todo escrito em Inglês, até parece que estão no Estrangeiro mas acontece que se passa cá em Portugal pois o nome é Manel etc e a morada é Rua das......, ridiculo. Cai-lhes tudo do Ceu aos trambolhões e só fazem figura de ursos, não fazem esforço nenhum e para terem as coisas tem que ser outros a picá-los e a pagar senão nunca conseguiriam ter nada pois são básicos, minto, só servem para estar atrás de um pc e nem podem sair dai pois são tão basicos que saem à rua e são logo assaltados ou atropelados. Conheço um gajo destes que anda só de taxi pois chumbou na condução e tá cheio da pasta, pudera tá sempre enfiado atrás do Pc mas tem um cartão escrito em Ingalês ( LOL ).
sinto-me: Invejoso,farto de trabalhar
música: Vivo para a musica
tags: ,

publicado por Notasenroladas às 16:06
link do post | comentar | favorito

Blogs

   Tou farto de blogs. Toda a gente tem um blog e quando vou ver a maior parte deles não tem conteúdo nenhum, serve para meia dúzia de tipos com a mania que sabem escrever colocarem umas ideias que julgam de sobremaneira inteligentes. Mais de metade deles falam do PPD /PSD, outros de historias de nada epa é demais. Tirando este blog mais nenhum serve os interesses da coltura deste Pais.

   Para dizer a verdade acho que o volume de blogs sem conteúdo reflecte o vácuo cerebral deste pais. Epa comecem a escrever bem e sobre assuntos com interesse, por exemplo do Advogado que foi apanhado com anfetaminas à entrada da prisão, sobre o aumento do preço dos alimentos, do aumento do gasóleo , acerca do aquecimento global, da crise financeira mundial, da falência da Moderna, da crise do Tibete, da emergência da China como potencia mundial, esqueçam o PSD e outras coisas que tais que para isso há a Televisão para nos encher os ouvidos.

 

Cumprimentos

sinto-me: Bem
música: Hoje gostava de ouvir Frank Sinatra

publicado por Notasenroladas às 15:57
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 9 de Abril de 2008

Juventude Americana

<object width="425" height="355"><param name="movie" value="http://www.youtube.com/v/4i5cTyE4OME&hl=en"></param><param name="wmode" value="transparent"></param><embed src="http://www.youtube.com/v/4i5cTyE4OME&hl=en" type="application/x-shockwave-flash" wmode="transparent" width="425" height="355"></embed></object>

publicado por Notasenroladas às 18:16
link do post | comentar | favorito
Domingo, 6 de Abril de 2008

Cultura Politica

Numa sondagem publicada no correio da manhã, mostra-se que a maioria esta a favor da avaliação de professores mas simultaneamente acha que a ministra deve recuar.

A ministra decide algo que a maioria concorda, mas a maioria acha que a ministra não deve levar a medida a cabo, contraditório e incoerente.

 

É um exemplo da cultura politica e não só que há neste pais, ao género hay governo, soi contra, não é a ideia com que ficam as pessoas no meio do lixo informativo que é servido tendo o tema como pretexto.

 

Se um painel não consegue distinguir a sua opinião do frenesim mediático protagonizado pelos professores, e enquadra pontos de vista discordantes num mesmo olhar, que fará em 2009, no recolhimento das cabines de voto.

 

Um tribunal reduziu a pena a um homem que disparou sobre outro matando-o e atingido também uma mulher. Tudo se iniciou quando assassino e vitima discutiam politica, , terá dito o assassino, "a minha politica são a família os amigos e o trabalho" ao que a vitima responde com insultos chamando-o de salazarista e fascista e agredindo-o com uma garrafa.

 

Terminou a discussão começou a desgraça.

 

Há também ao minúsculo nível das freguesias gente que mantém aspirações politicas, as bases dos partidos, que utiliza a blogosfera para desfiar as suas alarvidades, se pouco fazem pelas suas comunidades comentam politica nacional confundindo imbecilidades com opinião. Há-os em todos os partidos, o que me faz tremer quando oiço que fulano de tal vai devolver o partido as bases...

 

Fruto disto surge o PSD, camalionico , produtor de soundbites sem impacto, onde a maioria vive iludida e engodada na ideia do tacho, com propostas para ganhar eleições, argumentação vazia e desafiante da inteligência , que nem o povo que concorda e discorda da ministra consegue enganar nem aqueles que resolvem diferendos de opinião politica à base da porrada consegue convencer.

 

Se lhes perguntarem: SIC ou TVI?, não teriam duvidas

tags:

publicado por Notasenroladas às 14:07
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 4 de Abril de 2008

Anedota

A mulher está na cama com um 'amigo' e de repente ouve o barulho da chave

na fechadura. Fica nervosa porque nos apartamentos modernos não há espaço

debaixo da cama, estão a 20 andares de altura... e diz ao amante:

- Querido, fica tranquilo e faz tudo o que eu disser. Fica ali de pé, como

se fosses um robot, sem pestanejar.



O marido entra:

- Olá amor! Olha, anteciparam o voo e cheguei um dia
antes.  Mas...quem é

esse tipo e que merda está aqui a fazer nu, aí plantado?



A mulher sorri e responde:

- Como me tens abandonado com essas viagens, resolvi comprar este 'robot

escravo sexual modelo RTSEX-200 ...toca-lhe... Tem pele de verdade; é

arrefecido a água; gasta pouco, processador de 256 bites, ligação GPS a

Internet, actualizações automáticas, etc,

- Mas, amor... Havia necessidade disso?

- E o que querias? Que me enrolasse com algum vizinho?

- Está bem, deixa-te de parvoíces e vamos para a cama - disse ele.



A mulher, que já estava cansada, responde:

- Ai, fofinho, é que...eu estou naqueles dias...

- Que má sorte a minha. Então, porque não vais arranjar qualquer coisa

para eu comer?



A mulher vai para a cozinha. O marido, que ficou a sós com o suposto

'robot', olhando-o diz:

- Se este invento é bom para a minha mulher, também vai servir pra mim.



E atira-o para cima da cama, põe-o de quatro e quando está a ponto de

partir para os finalmente, o 'robot' diz nervosamente e com a voz mais

metálica e robótica  que consegue:

- 'ERRO! ERRO DE SISTEMA, ENTRADA INCORRECTA! ERRO! ERRO DE SISTEMA,

ENTRADA INCORRECTA'.



O marido mira-o de alto a baixo e diz:

- Pois vai a merda esse tal de robot moderno. Vou atirá-lo agora mesmo

pela janela fora...



O amante, assustado ao lembrar-se dos 20 andares do prédio, grita com a

mesma voz metálica:

-   'SISTEMA ACTUALIZADO! DOWNLOAD DE SOFTWARE COMPLETO! SISTEMA

ACTUALIZADO! POR FAVOR, TENTE DE NOVO!!!'

publicado por Notasenroladas às 16:49
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 2 de Abril de 2008

Iva a 20%

      O nosso Primeiro Ministro decidiu baixar 1 por cento na taxa do Iva . Não consigo perceber onde ele quer chegar, de certeza que não é com interesse de ganhar as próximas eleições, pois isso já é garantido. Deve ser porque tem pena dos pobres, só pode ser. Estes pobres que falei não são os mendigos que andam ai nas ruas, nem os que estão nos Anjos à espera da sopa, os pobres somos todos nós. Este um por cento é milho prós fracos não tem interesse nenhum pois não vai alterar a nossa vida em nada, é antes uma maneira de o Sócrates dizer - Coitadinhos, temos que lhes dar alguma coisa, tenham lá pena dos pobrezinhos dos portugueses . Vá lá tomem uma migalha e calem-se. É esse o nosso problema, vão aumentar o pão e tudo o mais e ninguém vai fazer nada, a não ser baixar as calcinhas.

 

    Vá lá que temos menos um por cento de Iva , para rir.


publicado por Notasenroladas às 22:26
link do post | comentar | favorito

Imobiliário em Portugal

       Somos um pais que nas décadas de 80 e 90  levou com o boom da construção. Tive oportunidade de trabalhar no ramo na fase da maior alta ou seja finais de 90, período em que se vendia tudo.

       Na altura a pressão ao cliente é que motivava a venda pois o mercado tinha falta de imóveis o que originava que uma indecisão originasse a perca do negocio pois outra pessoa compraria a casa em questão.

       No mesmo dia levava três pessoas a ver o imóvel automaticamente marcando 3 visitas para o prazo de 45 minutos, tal situação fazia que os clientes se vissem uns aos outros colocando pressão, pois alguns deles já tinham perdido negócios, era giríssimo os cientes a fazerem sinais e no momento sacar logo a reserva. Sabia que ia ganhar dinheiro, pois os bancos não criavam dificuldades nenhumas, espectáculo .

        Esta vida durou para mim 2 anos, foram dos mais espectaculares desta vida que conta 33. Cheio de dinheiro, na flor da juventude, com uma mulher que gostava e a começar a trabalhar às 14h, grande vida.                        

        Posteriormente com dinheiro na conta e a inteligência a aumentar decidi começar a entrar na ronha, também a competição era maior e a disposição de realizar dinheiro para o patrão era menor. Se sabia fazer tudo porque não ficar com tudo para mim? Comecei a fazer PFs ou seja, Por Fora. O esquema era o seguinte, servia-me da estrutura da mediadora para sacar clientes e engatava as minhas casas, que não eram colocadas no aparelho da mediadora.

       Nesta fase que ia sobre rodas fiz a coisa mais idiota da minha vida, tomei partido por um dos sócios que por sinal era o elo mais fraco, fiz um PF com ela, que foi descoberto e posteriormente originou o meu despedimento.

      Após este momento de estupidez tive a oportunidade de entrar como colaborador numa sociedade de mediação em que qualquer negócio seria dividido a meias entre as duas partes. Tal fase, um ano, originou dividendos substanciais durante os primeiros meses mas depois estive 6 meses sem vender nada, o mercado já estava em recessão e a vontade era mínima , tal situação originou o fim da minha vida como mediador sendo a minha ultima venda um terreno rústico , que vendi ao tipo da publicidade ( Grande ). A Dona da mediadora desapareceu, nunca mais soube nada dela e Eu tive que ir para outro ramo.

     Passados 8 anos decidi voltar ao passado e fazer o que mais gosto, ajudar as pessoas a concretizarem os seus sonhos ou seja comprarem o lar para a família feliz. A vida dá voltas, realmente só me falta  a parte do dinheiro a rodos, essa ainda não veio, verdade e a parte do amor, pois na primeiro fase tinha uma pessoa que amava, julgava Eu.

sinto-me: Nostálgico

publicado por Notasenroladas às 21:46
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.Novembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Reabertura de Blog

. Fim deste Blog

. Os Podres do Grande Minis...

. O Grande Ministro

. O Nosso Pais

. Ainda Socrates

. Taça da Liga

. Ambiente criado pelos med...

. Filha de Baltazar

. Obama

.arquivos

. Novembro 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs

.subscrever feeds